terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Deixa eu gostar de você.

Alguém já parou para pensar e dizer: quase tudo na minha vida é uma merda! Talvez não tenha se expressado dessa forma ou com essas palavras, mas certamente deve ter percebido que a vida é uma sucessão de eventos que nos deixam frustrados. Não sou um grande frustrado e se eu fosse talvez até eu teria tirado minha própria vida, hehe. 
Devo me conformar que quase nada da minha vida ocorrerá do jeito que eu quero, do jeito que eu almejava. Um exemplo disso eu comentei no post "Não há ninguém capaz de ser isso o que você quer".

Glayson, sempre que você for reler este post lembre-se do que você fez há dois dias, lembre-se que está chegando dia 23 e que depois desse dia...


Eu preciso finalmente aprender que não devo comparar as outras pessoas comigo e com aquelas outras pessoas. Nós somos pessoas especiais e não é todo dia que se conhece alguém assim. Existem pessoas que podem até ser, mas nunca foram dadas a elas oportunidade para serem, agirem de forma espontânea; assim, tal jeito de ser, acaba não mais fazendo parte dela e a forma espontânea que ela agora tem é simplesmente não querer nada, não sentir nada.  
Um dia você consegue; talvez tentando da forma certa ou talvez a forma certa seja nem tentar nada. 

Poisé, nove dias...
E o meu presente, qual dos dois receberei, ou nenhum deles. Eu preferiria o 1º.
Não espere nada delas, elas só trazem decepção, até a elas mesmas; qualquer coisa boa que elas oferecerem é lucro.
Eu queria tanto saber o que se passa na cabeça delas e eu saber logo até onde eu posso ir.
Eu queria não ter que esperar mais nada, não me decepcionar com mais nada. Mas talvez seja isso que me faz "Quam Benigno Quam Amoeno"



2 comentários:

Mister Neurotic disse...

Confesso que não li muito porque são 04:51 da manhã. Mas gostei daqui e voltarei sempre. Aguarde minha visita xD

GlaysonSC disse...

Ah ok! Valeu pela visita.
Abraço e até...