domingo, 21 de novembro de 2010

O amor é a força mais abstrata e poderosa deste mundo


Como eu já disse para alguns: quem ler tudo o que eu escrevo aqui é capaz de me conhecer mais que qualquer outro.

Não sei exatamente qual é o meu problema; ou se sou eu o problema; talvez o problema seja que eu não deva pertencer a este mundo, pois não concordo a forma de como ele funciona. Tudo me parece muito complicado, rápido e cruel; existe muita injustiça, falta de amor e de complacência.
Não faço muito esforço físico no meu dia-a-dia, mas tem dias que me sinto tão cansado, que eu simplesmente me deito e tenho o desejo que não mais acordar e viver tudo isso. Na verdade eu queria que fosse possível que agente não precisasse dormir, pois assim teríamos mais tempo para aquilo de que gostamos e de que precisamos. Eu adoraria poder ter mais tempo  e fazer musculação; poder fazer um curso de inglês e depois um de japonês; ou caminhar a beira da praia com minha cadela, a Pitty.
Escrevi no meu orkut a frase: Cada vez mais rápido e impiedoso. Muitos podem pensar em várias coisas sobre isso e até atribuíram tal frase a mim. Na verdade eu me referi ao tempo. Ele está agindo assim comigo. Está passando muito rápido e parece que não irá permitir que eu faça tudo que eu gostaria. Se ao menos eu soubesse se está próximo o dia em que receberei meu presente; aí eu poderia sorrir bastante sem se importar com mais nenhum obstáculo ou com mais nenhuma ausência.
Li ao post do Blog Escrito em Silêncio da Solange.
Alguém me fez comprar um ingresso do Harry Potter e esse alguém não foi.
Fui ao cinema com um amigo e sua "namorada".
Eles vieram para minha casa e conversamos e assistimos algumas coisas.
Assisti ao filme Comer, rezar e amar agora a pouco.
Tomei mais sorvete e refrigerante sozinho assistindo na minha cama.
Todos esses fatos, não necessariamente nessa ordem, contribuíram para eu ter vontade de escrever algo aqui. Mas não foram eles que me fazem agora ter vontade de dormir e não precisar acordar nos próximos meses ou anos.
Está tudo tão cinza.
Eu já vivi muita coisa e mesmo assim não entendo muito deste mundo; não entendo como ou por que ele funciona assim. Será que é apenas eu que parou para refletir e percebeu que tudo poderia ser bem mais fácil para todos se todos colaborassem de alguma forma? Será que apenas e percebo que é simples que todos sejamos felizes e tenhamos uma vida digna de seres humanos? Tenho certeza que não é apenas eu, mas o número e a "importância" dessas pessoas não é suficiente para causar alguma mudança.
Tenho convicção que não sou a melhor pessoa do mundo, nem a pior. Não sei de muita coisa deste mundo e morrei sem compreender outras tantas.
Um informação importante para quem ler isso aqui: você é importante para alguém e tem o poder de mudar a vida desta pessoa. Se todos tivessem essa pequena e simples conclusão em relação às suas relações interpessoais eu não teria nem que pegar ônibus para ir ao shopping assistir Harry.

Vou colocar aqui o que escrevi no post da Solange:
Que o outro seja capaz de me enxergar; ver como realmente sou e não se ater a pequenos detalhes, pequenos momentos.
Que o outro se apóie em mim e me veja como um pilar, que nunca irá deixá-lo cair.
Que o outro se enxergue como sendo meu pilar e mesmo assim não cobre nada por isso.
Esse outro não existe e é por isso que eu digo que todos são cegos e deprimentes; e eu também sou; poucos são abençoados por não serem e encontrarem alguém também assim.

Sabe qual o maior ensinamento que Jesus veio ao nosso mundo nos mostrar da forma mais explícita possível até dando sua própria vida para isso? Foi o amor. Ele queria nos mostrar isso e nó não aprendemos nada. Somos muito deprimentes e complicados para conseguir e realizar algo tão simples e belo como o amor.

Aquele evento aconteceu e eu me sinto mais tranqüilo e menos sufocado agora.

No meu orkut, há mais de 4 anos, meu nome é Simplesmente Glayson Sombra e isso por dois motivos: porque eu coloquei simplesmente meu nome e não um apelido com um monte de figuras e símbolos e também pelo fato de eu ser uma pessoa que preza pela simplicidade; eu a admiro nos outros e me sinto bem em praticá-la. 
Não é fácil ser simples em um mundo em que as pessoas são bem superficiais e esperam um monte de coisas da gente.
Um dos motivos de eu estar solteiro é o fato que não existir alguém simples o bastante para me entender e gostar de fazer as coisas que eu gosto.
A vida pode ser bem difícil, injusta e até cruel, mas também ela é bela; o lado ruim dela é criado por nós, que complicamos muito as coisas. Sabiam que é possível todos as pessoas do planeta serem felizes? Basta todas serem simples e não complicarem tudo. Mas como? Olha como é simples: se todos entendessem que todos nós dependemos uns dos outros e que se nós seguíssemos o princípio de amarmos uns aos outros assim como Deus nos ama tudo de ruim não existiria; não existiria fome, guerra, racismo, assassinatos, roubos, poluição etc. 
É possível sim o nosso mundo ser maravilhoso e se recuperar de tantos eventos ruins e destruição, mas amar é algo tão simples que as pessoas não conseguem enxergar isso; isso é tão triste.

Eu ia escrever mais, entretanto já são 03:52 e estou preocupado com o seminário que tenho que fazer e apresentar amanhã pela manha. 

Estou melhor agora e com vontade de deitar e dormir.





Obs.: fotos tiradas ontem à noite

7 comentários:

Bibliotecário X disse...

Oi amigo,
A vida em si é simples mesmo... nós é que complicamos demais as coisas. Espero que tenhas ido bem no seminário que tava pra acontecer na manhã da segunda, Glayson.
Abraços e uma boa semana

GlaysonSC disse...

Obrigado, deu certo sim. Abraço e espero por novos comentários seus.

Anônimo disse...

I agree with your thoughts here and I really love your blog! I’ve bookmarked it so that I can come back & read more in the future.

thanxxx
single mother grants

Bibliotecário X disse...

Acabei de colocar uma foto no meu perfil do Blogger. Espero que os meus próximos comentários fiquem visualmente comentados. Abraços e um ótimo final de semana!

Solange disse...

Glayson,eu fico lendo seu blog,e tentando decifra lo,entende-lo.....mas como somos complicados né....somos uma incognitas....
eu concordo com vc que a vida seria bem melhor se fossemos mais simples...e amassemos mais uns aos outros...Acho que devemos fazer nossa parte ,sem esperar do outro,do contrario vamos desanimar facil..
Olha,saiba que tem pessoas que nem te conhece mas que se preocupa com vc....(EU)e deseja de coração que vc seje muito feliz,e não desanime de lutar nunca.
Pode contar comigo,sempre..
Sua amiga Sol.

Solange disse...

Fiquei muito feliz de ter me citado no seu blog,e ver que le minhas postagens.....isso me anima de escrever...ou desabafar como tenho feito..
beijos.....

Anônimo disse...

Eu queria postar algo como isso no meu site e isso me deu uma idéia. Cheers.