sábado, 30 de abril de 2011

Qual a razão da fera existir? À imagem de quem ela foi criada?

Vejo jornal da televisão quase todos os dias (não gosto muito de ler notícias) através da internet, de preferência o Bom Dia Brasil. Sempre surge algo ou alguém considerado bárbaro, louco, inconcebível e merecedor de alguma punição, de acordo com seus atos, vistos como "desumano".  Aliás, que exatamente é ser u humano? Que atitudes alguém deve ter para ser considero um humano?
Nunca vi um assassino em série, um estuprador de uma criança, um político corrupto ou um pai que destrói a sua família com agressões como sendo pessoas que cometem atos desumanos. O ser humano é, na realidade, tudo isso. Um ser que comete atos brutais e que destroem tudo de bom que está a sua volta. Não existe um lugar no planeta em que a simples existência de seres humanos não tenha afetado de alguma forma a perfeição magnífica que é um ecossistema.
Se Deus realmente existe e o homem foi criado à sua imagem e semelhança, nunca quero conhecer tal Deus. O Deus que acredito existir está bem próximo a mim e é bem mais simples do que qualquer religião acha que ele é.

Nunca te passou pela cabeça que talvez tudo o que você faça diariamente não é nada do que você gostaria de fazer e viver?
Eu penso: se o mundo fosse meu eu faria tudo diferente, não existira presidente, nem capitalismo, nem exploração demasiada do nosso planeta e muito menos descaso quase total frente às alterações da Terra devido às ações humanas. Penso que é possível sim que todos tenham uma vida digna, sem nunca passar fome, sem nunca ser assaltado, raptado, violentado e com um bom lugar para morar com sua família.
Devemos tentar mais fazer aquilo de que gostamos. Algumas pessoas até tentam, mas são tantos os obstáculos, é tudo tão distante, que ao tentar alcança-los há um grande desgaste, podendo resultar em depressão e total desestímulo de continuar seguindo em frente.

Todos os seres humanos são ruins e culpados de toda a maldade que existe neste planeta; até que se prove o contrário.

Em Monster, aquele anime que ainda não terminei de assistir, um dos personagens vê o mundo inteiro como algo chato, errado e que deve ser mudado; basta existir alguém capaz de fazer tais mudanças. O mundo que Johan gostaria de criar não é exatamente o melhor e, para alcança-lo, torna-lo realidade, muitas pessoas devem morrer. Tais pessoas não tem nenhuma importância, nenhum valor; suas vidas são insignificantes. Johan não vê muita importância na vida e um ser humano, talvez sua própria vida seja algo importante. Ele apenas faz aquilo que ele tem vontade acha certo; planeja muito bem para alcançar seus objetivos. Um objetivo a ser alcançado pode demorar até mais de quatro anos, mas ele tem quase certeza de que ele conseguirá.


Comentei agora à noite com um amigo que adoro assistir animes inteligente assim como Monster; não assisto um assim desde Koukaku Kidoutai e Desu Nōto.

O que realmente é certo ou errado? Quem tem a capacidade de responder com autoridade tal questão? Tenho certeza que nenhum de nós, pobres humanos.
Tenho certeza de que há muito ainda para descobrirmos e não chegamos nem em um décimo de todo o conhecimento que orbita nossas vidas, nossas existências.


Quem é o verdadeiro monstro? Sei que estou rodeado de monstros por todos os lados em todos os lugares que vou. Um monstro pode se manifestar em uma pessoa ao acaso ou fazer parte desta pessoa em seu dia-a-dia. Pessoas “normais”, comuns, boas e gentis podem se tornar um monstro a qualquer momento; como uma bomba que, de repente, explode e causa danos ao seu redor.


O ser humano parece ser cruel de natureza, mas não o é. Ele apenas manifesta atos que refletem aquilo que ele vê, sente e sofre. Um limite existe. Quando se chega até ele, algumas coisas podem ser confusas. Epifanias podem acontecer e atos violentos pode ser resultado de tais reflexões; ou simplesmente se mergulha em profunda escuridão até conseguir se distanciar deste limite. Aquilo que está além dele é ele ou não; ou sempre foi ele que estava contido e paciente.
Acabou de me passar pela cabeça: quem vai ler isso tudo e chegar até esta linha final? Acho que ninguém; talvez o Alexandre. 






2 comentários:

Pamela Dal'Alva? disse...

ha vc assiti animes, que feliz..
assitia animes, mas agora voltei para mangas, estou lendo Nana..
kisu

GlaysonSC disse...

Sou bem ocupado, mas consigo tempo para assistir durante as refeições e enquanto escovo os dentes.

Valeu pela visita!

Bj e até...